Emagrecer é preciso.: Julho 2012

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Leitura para o fim de semana


Valorize o seu corpo e emagreça

"O stress emocional de ter se tornado uma profissional desencadeou insegurança e ansiedade. Você provavelmente procurou conforto na comida e não percebeu isso. Mas, assim que essa ficha cair, o caminho de volta vai ser mais fácil."

Por Eliane Contreras
Olá, dr. Tommaso,
Sempre leio a seção Eu Consegui!, na BOA FORMA, e fico impressionada com a determinação das leitoras – elas vencem vários obstáculos para alcançar os objetivos delas na balança. Comigo aconteceu o contrário. Nunca fui magra – tenho quadris largos e bumbum grande –, mas, quando terminei a faculdade, engordei 29 quilos. Hoje, com 25 anos, estou pesando 89 quilos (tenho 1,64 metro de altura) e, para piorar, surgiram estrias até nas axilas. Me sinto feia, cansada e sem vontade de me cuidar. Fico tentando entender por que engordei, mas não encontro a resposta. Preciso de um estímulo para emagrecer e voltar a gostar de mim. Graça*


* Nome trocado para preservar a identidade da leitora.

Graça,
Você tem um biótipo que ganha peso com facilidade e, por isso, precisa de cuidados constantes para não viver em guerra eterna com a balança. Mas engordar 29 quilos de maneira repentina sinaliza uma mudança no corpo que vai além da tendência genética. Baseado no momento em que essa alteração aconteceu, arriscaria dizer que ter deixado de ser aluna para assumir a responsabilidade de uma profissional pode ter provocado um stress emocional, desencadeando insegurança e ansiedade. Você provavelmente procurou conforto na comida e não percebeu isso – tanto que não está encontrando a resposta para os quilos extras. E, sem essa consciência, o caminho de volta se torna realmente difícil. Mas, assim que cair essa ficha, você vai ter a chance de retomar o controle da sua própria vida e escolher o que é melhor para sua carreira e seu bem-estar, o que envolve perder peso. Para que essa trajetória não pareça impossível, sugiro que pare de se  autodepreciar – falar que se sente feia, cheia de estrias e sem perspectiva de emagrecer aumenta o desânimo e a sensação de derrota. O estímulo que você diz estar faltando para começar a se cuidar pode ser justamente este: começar a se valorizar. Ao mesmo tempo, trace expectativas viáveis, evitando dietas mágicas com promessa de resultado a curto prazo. Apesar de ter engordado muito em pouco tempo, procure emagrecer em um ritmo saudável até atingir o peso compatível com seu corpo. Um abraço, Tommaso.

Fonte: Site da Revista Boa Forma

beijo e bom findi.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Metas

Boa tarde, pessoas.
Tudo certo?

Então, hoje estive pensando que ainda não estou totalmente satisfeita com meu peso e medidas atuais.
Principalmente porque qualquer deslize, já pula um kilo.

Bom, sempre quis saber qual minha porcentagem de gordura, pra ver se não tava imaginando coisas e descobri que realmente não estou. Meu indíce é 26,7%... o ídeal é até 25% e para ser considerado "em forma" seria 20%, então eu deveria estar com 50kg.

E essa vai ser minha próxima meta!
Pensei em deixar para começar nova dieta + exercícios dia 01/08... mas como fico ansiosa quando coloco datas, pode ser antes... mas não vai passar dessa data...

Pensei até em criar uma espécie de "projeto".. alguém me acompanharia?
Um brinde no final agradaria talvez???

Please, deixem comentários à respeito.

Beijo
Fran

PS: Informações sobre gordura corporal e demais calculadoras, aqui ó.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Quem anota o que come emagrece mais


Quem anota o que come emagrece mais

Já que segunda-feira é o dia clássico de começar uma dieta, aqui vão três recomendações eficazes, saídas diretamente de estudo publicado no Journal of the American Dietetic Association, com 120 mulheres acima do peso:
1 – Registre tudo o que você come num diário (em papel ou na internet/celular).
Quem anota tudo o que come durante o dia, tem uma noção melhor da própria alimentação. No papel, fica mais difícil se auto-enganar. Mas, o próprio estudo diz, não pode mentir pra si mesmo. É pra anotar tudo, com as devidas quantidades e tamanhos.  As mulheres que fizeram isso emagreceram, em média, 3 quilos a mais do que as que não registraram nada. Uma outra pesquisa, feita em 2008, já havia mostrado que quem anota  o que come chega a reduzir em até 50% as calorias ingeridas.
2 – Não pule nenhuma refeição.
Novamente, quem deixou de tomar café, almoçar ou jantar, pensando estar emagrecendo mais rápido por causa disso, deixaram de perder 3,5 quilos em média, em comparação com as mulheres que fizeram religiosamente todas as refeições programadas durante o dia.  Pulando refeições, o metabolismo fica mais lento e a fome aumenta, o que leva geralmente a excessos na refeição seguinte.
3 – Evite sair para jantar.
Quem jantou em casa, emagreceu, em média, 2 quilos a mais do que quem saiu para comer fora. A explicação é simples: em casa, você programa o que vai comer, não é exposto a grandes tentações. Num restaurante, a oferta é mais variada e a chance de pedir um prato irresistível é bem maior.
A grande conclusão do estudo, que parece bem óbvia, mas nunca é demais repetir, é que você emagrece quando começa a prestar atenção ao que come. Só assim, consegue realmente escolher conscientemente – e cortar os excessos.
E, para quem não acha mais prático nem charmoso carregar um caderninho de anotações, tem alguns aplicativos bem práticos que ajudam a registrar e a contar as calorias ingeridas. Selecionei alguns, pra facilitar, mas tem muitas opções de aplicativos, e para todos os sistemas operacionais.
MyNetDiary Calorie Counter  (um dos mais populares, disponíveis para Iphone, Blackberry e Android)
*MyFitnessPall – (Além de contar as calorias, sugere programas de exercícios)
FitDay Mobile (Esse é pra Ipad, bem simplezinho)
*ShapeUpClub (Também disponível para Ipad, fácil de usar,  é bastante intuitivo)

Fonte: Estadão (clique aqui)

 Bjo,
Fran

domingo, 22 de julho de 2012

Dica de leitura fim de semana _ Domingo

Bom dia, a dica de hoje, que é mais ver do que ler, é da Miss Fitness.
Coloquei como meta, mas não sei pra quando...

Beijos,

Nathalia Santoro emagreceu 10 quilos em cinco meses para participar do Garota Fitness São Paulo 2012. A morena, que pesa 56

Fontr: Uol

sábado, 21 de julho de 2012

Doca de leitura para fim de semana - Sábado

boa tarde, pessoas. Passada rápida para indicar duas leituras para esse fim de semana. Uma pra hoje e outra para amanhã;

Segue a de hoje:

Dona de casa perdeu 76 quilos sem remédio nem cirurgia

Maria perdeu 76 kg com reeducação alimentar e atividade física. (Fotos: Arquivo Pessoal / Viridiana Brandão)Quem olha a fotomontagem acima não acredita que as duas mulheres são a mesma pessoa. Nem mesmo a dona de casa Maria Ponzetta (1,76 m de altura), 45 anos, se reconhece nas fotos antigas, quando ela chegou a 145 kg. Hoje, com 69 kg, ela comemora não só a vitória em relação à balança, mas também as conquistas que essa mudança proporcionou na vida dela. Maria não recorreu a nenhum tipo de cirurgia nem remédios. Ela garante que reeducação alimentar, prática de atividade física e bom senso são o casamento perfeito para o emagrecimento saudável.


Mas foi preciso chegar ao fundo do poço para que a dona do blog Emagrecer é Possível criasse coragem para iniciar essa árdua luta. Diagnosticada com lúpus eritematoso sistêmico, uma doença inflamatória autoimune que pode ser fatal e é complicada com a obesidade, Maria ainda recebeu a notícia de que o marido havia sido demitido após 22 anos de emprego.

“Eu vivia no hospital, perdi o rim esquerdo e 5 centímetros do pulmão. Além disso, meu marido ficou desempregado e meus filhos sofriam muito preconceito por ter uma mãe gorda. Depois que emagreci, nunca mais tive atividade lúpica e ainda devolvi a confiança à minha família”, conta. “Antes do pacote trágico, eu estava decidida a ficar gorda, mas foi uma questão de sobrevivência. Senti que se eu fizesse algo importante por mim resgataria todos os outros”.

A gota d’água, segundo Maria Ponzetta, foi o dia em que ela ficou presa em uma cadeira, na sala de espera de um consultório médico. “Nesse dia, eu prometi a mim mesma que iria mudar. Não contei nada para ninguém, até porque todo mundo já tinha desacreditado de mim. Diziam que era só eu ver uma fatia de torta que a dieta acabaria”, lembra.

Continuação no link: Yahoo

terça-feira, 17 de julho de 2012

A dieta e a manutenção

Bom dia, pessoas.Tudo certo?
Muito frio por aí?

Aqui tá friozinho e, pra ajudar, chovendo...
Pois então, querem saber das boas novas?

Fiz 4 dias da dieta da proteína... kkkk
Sim, ela é terrível! Baixei de 55,4 na terça, para 53,9 no sábado... mãs... no domingo comi pastel e ontem batata frita e recuperei quase tudo... aiai.
Sim, a ideia era essa. Não recuperar, mas criar um espacinho para poder jacar um pouco sem comprometer, ou melhor, sem sair da casa dos 55kg. Só não esperava que fosse tão rápido :(
Na verdade, já coloquei na cabeça: gosto de comer e tenho cabeça de gordo. Então terei que me policiar a vida inteira. Vai ser sempre assim: estarei sempre pensando em comida: ou em o que comer, ou em que não comer...
Antes que pensem: coitada, que vida triste... Digo: ela acaba sendo triste, mas não porque não posso comer o que quero e tenho vontade, mas porque não posso comer o que quero e tenho vontade TODOS OS DIAS.
E sei que pessoas tranquilas com seu corpo não fazem isso. Tu olha para elas e pensa: como é que pode, come tudo que quer e não engorda. A diferença é: comem com moderação... não quer dizer, dois palitos de batatas fritas ou 1 única fatia de pizza... Na verdade podem até se acabar num rodízio... a diferença é que não fazem isso com frequência. É isso que devo aprender. E é difícil.
Bom, dieta da proteína de nov, sei lá, daqui há umas 2 ou 3 semanas. Por enquanto é me policiar.

Beijo à todas e boa semana.

Fran

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Dietinha da semana

boa tarde, galera.
Tudo bom?

Eu estou bem.. não tenho aparecido muito aqui porque ando sem assunto.
Só na manutenção...

Essa semana iniciei outra dieta da proteína. Secando mais uns dois quilinhos, tá ok!
Se bem que to pensando em não fechar uma semana inteira... é uma dieta chatinha essa... mas se chega na casa dos 53 (tipo, 53,7kg) paro! hehe.

Iniciei na terça, com 55,4kg.
Acho que já escrevi o meu cardápio quando faço essa dieta né?
Não leu?
Bom, olha só: A minha dieta da proteína se baseia em apenas tirar o pao, arroz, macarrão, batata essas coisas... mas não fruta... então como me alimento nesses dias: de manhã (pior parte do dia, pra mim): omelete com 1 clara de ovo, 1 fatia de queijo, 1 fatia de presunto ou de peru ou de chestes + 1 xicara de café. Lanche da manhã e da tarde: 1 fruta. Almoço: carne (2 ou 3 tipos) e salada e jantar: 1 iogurte (anotação: preciso preparar gelatina hoje!).

É a terceira vez que faço.
Na primeira eliminei 2,5kg em uma semana e na segunda, 1,5kg (porque comi uma senhora pizza no meio, então o resultado foi ótimo!)

Agora pra você, pratinho do almoço de hoje.
Tenham uma excelente semana e, assim que eu atingir o peso, eu posto aqui.

beijo,
Fran

PS: Vesti uma calça nº 36 hoje (tá tinha elastano, mas tá valendo! ;) )

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Novidade - Foto antes e depois

Bom minha gente, tudo certo?

Como já contei aqui uma vez e reforço, pra mim sempre serviu de inspiração para emagrecer, ver fotos de antes e depois das pessoas... meio que São Tomé assim...
Mas quem lê aqui (alguém lê, além de mamãe???), também sabe que não curto ficar disponibilizando foto minha na rede...
Então, apenas por pouco tempo, vou disponibilizar uma "antes e depois" para quem tem interesse.
Peso inicial: 80
Peso "por enquanto": 55kg
Tempo: 8 meses.


Bom, é isso...

Fran